quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Rotina? Que rotina?!?

Por falar em rotina... 

Vim ao shopping. Carregar o pass do bus. Podia ser uma vinda simples mas acabou por se transformar numa grande aventura sociológica.

Primeiro na loja do pass....
A senhora muito orgulhosa diz me que teve o bebé há já sete meses. Que o tempo passa depressa e os quilos já se foram. Eu lembrava me dela grávida. Vou lá desde que comecei a trabalhar e todos os meses carrego o pass no mesmo quiosque. Nunca a vi magra. Mas é simpática sempre!
Próximo passo seria encontrar uma tabacaria e procurar uma máquina de entubar cigarros (dois ou três ao mesmo tempo).

Perguntei à senhora segurança do shopping que, muito sorridente, se sentiu finalmente útil. Deu me as indicações como se eu fosse uma criança e nem assim cheguei lá à primeira. (mas isso é culpa minha que tenho desorientação crónica desde nascença)
Quando finalmente cheguei à tabacaria não havia máquinas. Comprei o tabaco e vim embora. 

Passei como sempre na Natura para ver os saldos e pimba! Comprei um vestido nos saldos (não sei porquê mas agora ando numa fase de querer usar vestidos)...
Já conheço todas as funcionárias. Nenhuma é portuguesa - nota se na pronúncia - mas fazem um papel maravilhoso de fingir que gostam daquilo. Eu ia adorar trabalhar na Natura mas ia me cansar de tanto shopping e tão pouca luz solar...

Com a fome que me deu vim ao Continente. (e eu só ia escrever sobre esta parte).......
Mais conhecida como parte da cafetaria do Continente (com uma impressão de publicidade de chorar... como podem ter tanto dinheiro e ter uma placa daquelas?!?!?!), mesmo à entrada de mais uma mega estrutura do Senhor Belmiro, eis que o mundo ficou mais lento.
Ora vou tentar explicar por palavras o que senti que acreditem não será nada fácil...

De repente há apenas uma pessoa à minha frente para ser atendida. E vejo o funcionário mais lento da minha vida. lento? não. lento não. Lenta estava eu.
Este funcionário sabia que não precisava de fazer mais do que aquilo que estava a fazer. Sabia que estava ali. Mas não se esforçava por estar. Demorou imenso tempo a fazer um café. A aquecer uma pizza. A fazer mais um café com leite. E depois cheguei eu. 

Pedi um café e um croissant de fiambre. "aquecido?"; "pode ser" disse eu. Tenho tempo. E estou a adorar isto.
Claro que a fila já tinha umas cinco pessoas. Mas tudo estava lento. Mais uma vez o aquecer do croissant. Mais uma vez fazer o café (só depois de aquecido o croissant). E as pessoas estavam calmas. Tudo estava calmo à minha volta. Tudo com paciência. Tudo com calma e descontração. Em demasia.
Senti me em câmara lenta. A observar tudo tão pormenorizadamente que até me lembro da cara de todas as pessoas que passaram ao meu lado. Lembro me da senhora a olhar para as orquídeas. Lembro me de um senhor com voz grossa ao telemóvel. Ou outra senhora a pegar nos morangos. Mas tudo com calma. Tudo muito devagar. 

Não dá para explicar. Pronto.
Senti a vida em câmara lenta. E no post anterior, na minha hora de almoço falei da vida ser rápida. Falei da rotina cansativa. 

Basta vir ao shopping que tudo acontece. Adoro.

Rotinas? São uma bosta.

Têm sido dias sem inspiração para escrever textos compridos. A vida tem passado muito depressa. Hoje já é quarta feira e nem me lembro da segunda feira que passou. Tudo está a passar tão rápido. Casa trabalho trabalho casa. E andamos nisto. Todos os dias.
A única diferença é que ou ganho no ping-pong ou perco. E assim se passam os dias. 

Acho que estou a precisar de umas mini-ferias. De sair da rotina do dia-a-dia e fazer algo diferente.
Vá se lá saber o quê... eu hei-de descobrir... 

Mente aberta e espírito criativo é o que não falta lá em casa! :)

Mantra for today



Mais sobre a Rose no Pinterest.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Amar em tempos de guerra

Tenho em mim apenas Amor. Vejo coisas à minha volta que não suporto mas aprendi a lidar com elas e por isso nada me afeta. Pronto...afeta sempre um bocadinho mas quase nada agora. 

Aprendi a observar. A observar e absorver apenas o que vale a pena.
E em mim... só há amor.


Foto do Pinterest - ver mais aqui

Quarta on Beatles

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Banda Sonora de Sexta Feira - parte II

Banda Sonora de Sexta Feira

Musica para os meus ouvidos




So, in a manner of speaking I just want to say 
That just like you, I should find a way 
To tell you everything, by saying nothing.

Sexta feira

O dia está lindo e não me apetece estar com ninguém. Só me apetece sorrir porque os meus amores são os melhores do mundo e o resto é merda.
Sou feliz e isso incomoda. Prefiro não parecer feliz e passar despercebida!
Sejam felizes também! Até porque hoje é sexta feira. 


  Foto do Pinterest - ver mais aqui

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Detalhes

Hoje vi o passarinho mais lindo de sempre ao vivo. Amarelo esverdeado e com um chilrear encantador!
Isto porque "as coisas boas da vida não são coisas."
Um dia feliz!

  Foto do Pinterest - ver mais aqui

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Curiosidades parvas

Estava eu sem nada para fazer e decidi pesquisar qual seria o ser vivo mais antigo do planeta. É uma árvore.

Chama-se Old Tjikko e é considerado o ser-vivo mais antigo do Mundo com cerca 9550 anos.

esta coisinha tem mais de 9500 anos!

Pesquisei por aí que há uma árvore que também "sempre-esteve-lá" desde há uns 4845 anos de nome Pinus longaeva.

a chamada "Matusalem"


Mas será que vocês têm a noção do que é "estar-lá" há 5000 anos? Há 9500 anos? Ser um ser vivo que viu de tudo? Mesmo estando parado no mesmo sitio (estamos a falar de uma árvore), já viu mudanças de clima e sobreviveu; passou por tempestades e assim assim continuou ali intocável. Eras a passar. Guerras por todo o lado. E a árvore ficou ali. Intacta a tudo isso.

É que o mais incrível é que eu, tu e todos vamos morrer e o raio da árvore vai lá ficar!

Quem é que inventou o tempo? Quem é que decidiu que uma árvore poderia durar tantos anos e o ser humano só uns aninhos?
Eu gostava de entender melhor o meu mundo... mas há coisas que me ultrapassam...

Fotos retiradas do Google. 

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

2016.


Foto do Pinterest - ver mais aqui

Welcome 2016!!!


Que venha 2016!
Que seja calmo mas intenso.
Que seja prazeroso.
Que seja cheio de aprendizagens.
Que seja tão ou mais positivo que 2015.
Que seja bom.
Que seja feliz.
Que seja. 

Bom Ano a Tod@s! :)



Fotos do Pinterest - ver mais aqui