domingo, 14 de fevereiro de 2016

Ainda sobre a chuva


Estamos a passar uma fase de mau tempo. Muito mau tempo.

Chuva forte, trovoada, muito vento... os rios sobem, está tudo alagado e em alerta vermelho.

Não saí de casa todo o fim de semana. Deu para arrumar as minhas coisas e organizar-me "cá dentro".

Hoje passei o dia todo na janela. A ver o vento e a chuva. A ver as pessoas corajosas a tentarem sair de casa com os guarda-chuvas todos partidos.

Vi também um senhor de cadeira de rodas... a andar na rua com muita dificuldade. Eu estava na janela, um bocadinho longe para ir ter com ele (apesar de ter pensado duas vezes em sair de casa só para o ir ajudar).
Passaram 3 pessoas por ele e Nenhuma (!) se dignou a ajudá-lo a passar nem a passadeira... fiquei em estado de choque e quase a sair de casa.
Mas por fim um senhor passou e ajudou o pobre homem a passar a estrada e ir para um lado onde pelo menos o vento não era tão forte.

Cairam-me as lágrimas ao ver este episódio. Como é possível ainda haver gente assim? Que ignora as outras pessoas. Que só pensa em si mesmo e não tem o gesto de ajudar o outro...
É incrivel. E eu senti me chocada.

São realidades. Realidades egoistas. Feias. Isto são pessoas feias neste mundo.
Que por mim bem podiam ser levadas pelo vento.

O registo da Bondade.
Foto tirada por mim, sem filtros.

Sem comentários: